Seção - Artigos Indicados

Você já ouviu falar no termo intubação por sequência prolongada (ISP)?

A pré-oxigenação é uma etapa importante na intubação orotraqueal (IOT). Diferentemente da intubação por sequência rápida (ISR) padrão, na qual o sedativo e o bloqueador neuromuscular (BNM) são administrados nesta ordem e em sequência, durante a ISP existe um intervalo entre a administração do agente indutor e a administração do BNM, para que possa ser realizada adequadamente a pré-oxigenação.

Este artigo um estudo prospectivo, observacional e multicêntrico que avaliou essa técnica (ISP) no manejo da via aérea em pacientes com alteração do estado mental que impediam uma pré-oxigenação adequada.

Os pacientes do estudo receberam uma dose dissociativa de cetamina, permitindo a pré-oxigenação com máscara sem respirador ou ventilação não invasiva com pressão positiva (VNI).

Conclusão do autor: A intubação por sequência prolongada pode oferecer uma alternativa à intubação por sequência rápida em pacientes que necessitam manejo emergencial das vias aéreas que não toleraram procedimentos de pré-oxigenação ou peri-intubação. A ISP parece segura e eficaz para uso no manejo de vias aéreas de emergência.

Referência: (WEINGART et al., 2015)