Seção - Artigos Indicados

No contexto da SCA (com ou sem supra do segmento ST), a terapia antiplaquetária dupla faz parte do tratamento padrão atual. Tanto o ticagrelor quanto o prasurgel possuem recomendação classe I para uso nesse contexto.

Este artigo um ensaio clínico multicêntrico, randomizado, que buscou comparar eficácia e segurança do uso de ticagrelor vs prasugrel em pacientes com SCA para os quais a avaliação invasiva foi planejada. O desfecho primário foi o composto de morte, infarto do miocárdio ou acidente vascular cerebral em 1 ano após a randomização. Os desfechos secundários incluíram o desfecho de segurança, entre o principal, foi a incidência de sangramento maior em 1 ano.

Com 4018 pacientes randomizados, os resultados para o desfecho primário avaliado foram: ticagrelor: 9,3% vs prasugrel: 6,9% (HR 1,36; IC 95% 1,09 a 1,70; p = 0,006). Em relação ao desfecho secundário, não houve diferença estatisticamente significativa.

Conclusão do autor: Entre os pacientes que apresentaram SCA com ou sem supradesnivelamento do segmento ST, a incidência do desfecho composto de morte, infarto do miocárdio ou acidente vascular cerebral foi significativamente menor entre os pacientes que receberam prasugrel do que entre aqueles que receberam ticagrelor. A incidência de sangramento maior não foi maior no grupo prasugrel do que no grupo ticagrelor.

Referência: (SCHÜPKE et al., 2019)